chega de saudade

Cena 1: gravação do Esquenta! sobre cidades, uma dupla de beatbox puxa na gaita a melodia, bastando para toda a plateia cantar junto: “eu só quero é ser feliz, andar tranquilamente na favela onde eu nasci…”. Cena 2: ato na Maré em protesto contra a morte de 10 pessoas em operação do BOPE em julho, Mc Leonardo puxa a letra em fala no carro de som, para todos a cantarem inteira em coro – “o povo tem a força, só precisa descobrir, se eles lá não fazem nada, faremos tudo daqui…”, dançando. É sempre emocionante ver uma música evidenciar-se plenamente como parte do nosso cancioneiro clássico.

Deixe um Comentário

Campos requeridos possuem um *.